Segunda, 21 de Agosto de 2017
   
Fonte

22/11/2010 - Ata da 33ª Sessão Ordinária

Ata da trigésima terceira sessão ordinária, realizada no vigésimo segundo dia do mês de Novembro do ano de dois mil e dez. A Câmara Municipal de Tamarana reúne-se com total presença dos vereadores. O presidente Plínio Pereira de Araújo Júnior convida o vereador Renan para que inicie a oração do “Pai Nosso”. Em seguida coloca a Ata da 32ª Sessão Ordinária em discussão e votação, sendo aprovada por unanimidade de votos entre os presentes. Após, passa para o período do Expediente e pede ao 1º secretário, vereador Amadeu de Oliveira Lima que faça a leitura das matérias seguintes:  Comunicado do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome- liberação de recursos destinados à manutenção dos Serviços de Ação Continuada para o Município; Comunicado da Câmara dos Deputados sobre recursos do orçamento da União empenhados ao Município; Comunicados do Ministério da Saúde- liberação de recursos financeiros para o Município; Convite do SEBRAE-PR/ SENAR-PR/ FETAEP e FAEP; Indicação n.º 054/2010 do vereador João Batista Pereira, referente á adequação dos quebra-molas localizados na sede do município - Deferida; Of. n.º 109/2010 CMT, do vereador  João Alberto Fico, referente à encaminhando do projeto de Lei n.º 046/2010, que Denomina de “Rua das Rosas”, a rua nº 06, localizada no Conjunto das Flores - Deferida. Na seqüência o Presidente solicita junto ao 2º secretário, vereador João Batista Pereira, a relação de vereadores inscritos para uso da palavra livre, inscrevendo-se: 1º ORADOR JOÃO ALBERTO FICO: Cumprimenta a mesa nominada, desejando bom dia à todos. E diz: Eu quero começar a falar, desse projeto, dessa rua. Que tem que ter o projeto, tem que ter iluminação, tem que por poste, então eu acho que sem projeto, fica dificilmente ser iluminada essa rua. E... agradecer também os nobres colegas,  que vão votar para que essa rua seja denominada. E também falar um pouco do nosso conjunto novo que está saindo ali, foi terminado já o asfalto, agora só falta à demarcação das áreas, pra entregar as casas pros moradores. E isso, é um município que está indo pra frente, que não pára; então conforme vai aumentando, a população vai criando mais emprego, mais renda para o município. Agradecer aos vereadores também, que sempre tem acompanhado, ao prefeito que tem lutado, pra que isso aconteça! E também, esses dias eu estive com o Cleo Catai, uma radia CBN ligou... o Cleo estava junto. Perguntando do prefeito, queria fazer uma entrevista com o prefeito, mas ele não estava! Perguntou algumas coisas ao Cleu... porque que Tamarana está indo tão bem, se desenvolvendo dos municípios do Paraná, dos melhores. Ai o Cleo andou respondendo várias coisas, agente fica muito contente com isso, né senhor presidente? E até as rádios, estão vendo que a coisa está andando bem! Então vamo torce, que a coisa continue esse ano que vêm! Se Deus quiser... que as coisas não parem por ai! Uma continuação e bom será! E também, falar um pouco Genésio. Do campeonato, ta indo bem, do campeonato lá de campo, campeonato do suíço da molecada. Ta o Amadeu, ta o povo jogando ai... então ta muito bem. Agradecer a todos ai; muito bom dia! 2ª ORADORA LUZIA HARUE SUZUKAWA: Cumprimenta a mesa nominada, desejando bom dia a todos. E diz: Senhor presidente, em primeiro lugar. Eu gostaria aqui de deixar registrado o meu sentimento de pesar a família do Senhor Antonio Camilo de Godoy; uma das pessoas pioneira, uma família pioneira de Tamarana, que com certeza, sabedores como nós somos, que foi um grande colaborador pro desenvolvimento do nosso município. É uma situação muito triste, mas eu acredito que o senhor Antonio... senhor Godoy como era foi bem conhecido por todos, cumpriu de maneira nobre e bela, a sua missão! Deixou sua marca no nosso município. E com certeza também, senhor presidente. Ele está em um lugar, bastante iluminado por Deus! E, eu peço, desejo que Deus continue iluminando, dando força pra essa família que é tão forte... a família do seu Godoy. É... gostaria também, senhor presidente; de pedir aqui pros funcionários da casa... Vera! Que me providenciasse o Xerox desses três comunicados recebidos, né? Do Ministério do Desenvolvimento Social, Câmara dos deputados, Comunicado do Ministério da Saúde e também do convite do SEBRAE, FETAEP, SENAR e FAEP. Acredito que esse evento; vêm em oportuno momento, para colaborar para o desenvolvimento da nossa agricultura. É muito importante que as lideranças, da parte, da zona rural. Principalmente que vai haver aqui, uma palestra sobre o jovem agricultor aprendiz. Que participe efetivamente e coloque em pratica todo esse conhecimento para fazer engrandecer ainda mais o nosso município através da agricultura. Senhor presidente, também estivemos acompanhando, tanto pelos noticiários, pela mídia. E... foi afirmado que em dois mil e dez, nós brasileiros pagamos à quantia de um trilhão de impostos! Já nos primeiros dias do ano, nós desembolsados nada mais do que cinco mil reais, em favor do pagamento desses tributos no Brasil. É um bom momento, da economia nacional? Com certeza! Isso significa que o Brasil está se desenvolvendo, certo? E, essa cifra de um trilhão, senhor presidente; seria suficiente para suprir o orçamento de trinta e nove Estados do tamanho do Paraná. Que tem aprovado pra dois mil e onze, nada menos do que um orçamento de vinte e cinco bilhões de reais... aprovado pela Assembléia Legislativa do Paraná. E essa quantia também, senhor presidente, seria possível suprir novecentos e oitenta e cinco municípios do tamanho de Londrina; novecentos e oitenta e cinco! Que pela primeira vez, historicamente terão também orçamento pra dois mil e onze, de mais de um bilhão de reais. E o nosso município, como nós aprovamos... dezesseis milhões de reais! Diante, senhor presidente, desses números, desses tributos arrecadados, está mais do que na hora, de que nós povo; exija urgentemente a reforma tributaria! Por quê? E... exigir a quem compete fazê-la, né! Será que os parlamentares do congresso federal, vão empurrar pra frente essa questão; ou vão deixar engavetados, defendendo só seus interesses próprios, esquecendo do povo que os elegeu. O cidadão tem que exigir um retorno digno, do imposto que ele paga! Se ele tem a obrigação de pagar, quem recebe, têm a obrigação de dá um retorno digno, condizente com o tributo que ele paga! Isso é um direito do povo! É... por isso, senhor presidente. Temos que nós população... toda população, povo em geral, todo o municípios, Estado. É... país, nação, né? Ficar muito mais atentos com: licitações fraudulentas, verbas desviadas e obras super faturadas; isso tem que haver a fiscalização! A questão é: para onde está indo os tributos que nós pagamos?  Onde está efetivamente aplicado, esses tributos? Onde estão aplicados? É mais do que na hora, senhor presidente, do povo exigir: fiscalização, ação e punição! Pois se assim, não fizer... para sempre nós estaremos carregando, os pesos dos tributos, dos impostos que aumentam a cada ano. E se não há fiscalização e punição... principalmente fiscalização por parte do povo; e depois exigir uma punição severa. Nós continuaremos, além de carregar o fardo pesado dos tributos que aumentam estamos dando força e continuidade à corrupção! Nós não sabemos o quanto esta sendo desviado, mas se houve fiscalização; e exigisse punição, daqueles que estão desviando as verbas, eu tenho certeza que é um primeiro passo pra nós começarmos a melhor a situação. E o povo tem que entender também, senhor presidente que é direito dele, direito! Ter estruturas fortes no atendimento em relação à: saúde, educação e segurança! Então, acho que está mais do que na hora, de arregaçarmos a mangas e fazemos o nosso trabalho... a nossa parte, o povo tem que fiscalizar, o povo tem que estar presente; e tem que exigir, se tem algo errado, desviado; e tem que haver punição! Porque se não, tudo vai virar uma festa! Como já virou no caso do mensalão! Mas desde, que se faça presente à população. Desde que acompanhe. Desde que coloque-se no seu lugar, cobrando os seus direitos, eu tenho certeza que estaremos caminhando então, para que todas essas ações se resultem em melhoria de qualidade do cidadão. Muito obrigada, senhor presidente. 4º ORADOR RENAN LEAL GONÇALVES: Cumprimenta a mesa nominada, desejando bom dia a todos. E diz: Meus parabéns ai pro João, né? Pelo projeto do conjunto das flores. E também pelo Tião, que lutou bastante, veio na câmara pedir ajuda dos vereadores, falou com o prefeito, falou com o Cleo. Aquele sonho, aquela rua, está já até com o nome. E nós teremos ai, a segunda etapa do asfalto, na horta comunitária; e que em breve, né Tião? Nós teremos, se Deus quiser, o asfalto ali no Conjunto das Flores. Falando desse convite da FETAEP, teremos o ônibus como no ano passado também, que vai estar levando o pessoal pra Curitiba! Pra acompanhar esse curso, esta sendo organizado através da secretaria de agricultura. Hoje as dezoito e trinta, teremos uma reunião com o pessoal da caixa, no AERTA; com as cem primeiras pessoas aptas ai, a receber ai, o beneficio da sua casa, nesse novo bairro que nós teremos em Tamarana. Próximo ao hospital, todos nós sabemos, né? E já está totalmente asfaltado, muito bonito ali. Inclusive a rua que vai até a divisa do município. O Lú trabalhou nas inscrições e me disse: que em torno de quinhentas pessoas fizeram as inscrições, serão duzentas e oitenta casas, né? Nem todas também estarão aptas, né?  Tem gente de fora também, do município, bastante inclusive que veio fazer suas inscrições. Hoje importante, né? Pra aquela pessoa que sempre sonhou em ter sua casa, estará recebendo. Inclusive teremos o sorteio lá, das datas, né? A pessoa já vai saber onde vai morar em breve. Então aqueles que quiserem acompanhar hoje às dezoito em trinta, lá no Clube AERTA, aonde foi feito as inscrições. No sábado, nós tivemos ai... tem o projeto... o João falava do futebol, pra crianças, mas temos outras crianças, outro projeto da escolinha, e essas são crianças mesmo, são cento e vinte e oito crianças; setenta e cinco foram pra Londrina, né? No sábado, acompanhadas de vários pais, a criançada um projeto muito bonito. Inclusive no dia quatro, né? Vão estar todos convidados, até o secretário Genesio vai convidar todos, pro encerramento, muito bonito, crianças de quatro cinco e até dez anos; participando desse projeto. Projeto muito bonito, quem não tem filho lá, gosta de ir, gosta de acompanhar a criançada. Então, parabéns muito bonito... é um trabalho muito importante essas crianças que estão brincando nesse projeto, um projeto pra brincar, um trabalho social, né? Muito bonito. Meus parabéns ai, pra todo pessoal... secretaria de esporte, professores que ali trabalham. Todas as crianças uniformizadas, com todo material e não há cobrança de nenhum centavo, nem do material, de camiseta, de tênis, de bola, de todo material, do espaço físico... tudo oferecido pela prefeitura, pra esse belíssimo projeto! Era isso, e muito bom dia senhor presidente. Não havendo mais vereadores inscritos para o uso da palavra, o presidente faz seu comentário em relação ao tributo que se paga no país. Em seguida não havendo matéria para ordem do dia, o Presidente encerra a presente sessão que, para constar, eu,  Sueleen  Luana  Nogueira  Dos  Santos (         ), Assessora Parlamentar, lavrei a presente ata, conforme gravação digital, arquivada nesta secretaria em ordem numérica e que, após a aprovação, será devidamente assinada pelo 1º Secretário Amadeu de Oliveira Lima, e pelo Presidente Plínio Pereira de Araújo Junior. Sala das sessões, vigésimo segundo dia do mês de Novembro de 2010.